The Chedi Club Tanah Gajah | Bali Retreat

The Chedi Club Tanah Gajah é um verdadeiro santuário em Bali

Centro cultural e espiritual da ilha de Bali (Indonésia), Ubud ficou mundialmente conhecida após o filme Comer, Rezar e Amar, estrelado por Julia Roberts. A pequena cidade está localizada no centro da ilha e possui uma atmosfera interiorana muito especial.

Situado a apenas 10 minutos do centrinho de Ubud, o Chedi Club Tanah Gajah é um verdadeiro retiro. Ao entrar no empreendimento, você sente realmente aquela sensação “home away home”. Afinal, o hotel já foi propriedade da família do arquiteto Hendra Hadiprana – um dos mais respeitados colecionadores de arte da Indonésia.

Entrada do Chedi Club

Há quase 30 anos, Hadiprana criou para sua família um santuário, em 5 hectares, com villas privadas construídas em torno de lagos com flores de lótus, extensos gramados e rodeado por campos de arroz com o Monte Agung ao fundo.

Vista aérea do Chedi Club rodeado por arrozais

O nome original da propriedade Tanah Gajah significa “Reino dos Elefantes” e foi inspirado no templo vizinho Goa Gajah (Elephant Temple). E não é à toa que há várias imagens de elefantes e Ganesha (divindade Hindu) espalhadas pelo hotel. No gramado, um bando de elefantinhos músicos dão as boas vindas aos hóspedes.

Estilo balinês

A arquitetura balinesa prioriza espaços abertos com interiores bem arejados, em que a natureza e a luz natural são elementos importantes no projeto. São estas premissas que encontramos nas construções do The Chedi Club.

O lobby e o restaurante praticamente não têm paredes – são espaços abertos integrados à natureza e que oferecem lindas vistas do entorno.

Tanto nos áreas comuns quanto nos quartos, a decoração é repleta de materiais naturais, como a madeira e o bambu, e de pinturas e obras de arte balinesa do proprietário.

As 20 acomodações – sendo sete suítes e 13 villas – também seguem este mesmo estilo, utilizando grandes janelas de vidro que permitem a entrada da luz externa e dão uma sensação de amplitude.

Nós ficamos na One Bedroom Pool Villa que é praticamente uma casinha. Com 280m2, na área externa, a villa conta com uma piscina, espaço para realizar as refeições e um sofá-cama em estilo balinês. No interior, o quarto é praticamente integrado ao banheiro (separado por uma porta de correr) super espaçoso e com uma banheira ao ar livre.

A Hadiprana Villa era a antiga casa do proprietário que também está disponível para se hospedar. Tem dois quartos e é ideal para famílias.

Os jardins tropicais são bem cuidados e adornados com muitas esculturas – de divindades hindus, sendo a principal Ganesha, a animais – que dão um charme todo especial. Detalhe para as flores que enfeitam as imagens.

A enorme piscina cercada de verde é um convite a contemplação.

Um anfiteatro, com um portão balinês de pano de fundo, é palco da  Dança Kecak, criada em 1930. A performance simula a batalha do príncipe Rama para librerar a sua esposa, Sita, das mãos do rei Ravana.

Portão balinês que são vários elefantes empilhados

Como numa tradicional casa balinesa, no The Chedi Club também há um pequeno templo para as pessoas fazerem preces e oferendas as divindades. Inclusive uma sacerdotisa que vem ao hotel rezar e benzer os hóspedes e funcionários.

Pequeno templo no hotel

Serviços

Em total sintonia com a serenidade de Ubud, o Chedi Club elaborou um menu de serviços para que o hóspede desfrute ao máximo os momentos de relaxamento no hotel

Cada acomodação tem a disposição um mordomo que pode organizar tudo que precisar dentro e fora do hotel. E no valor da diária, além do café da manhã, também estão incluídos: os todos os itens do frigobar (inclusive as bebidas alcoólicas), serviço de lavanderia (seis peças por pessoa e por dia), chá da tarde,  happy-hour e serviço de motorista de ida/retorno para Ubud até às 18h.

Apresentação impecável do chá da tarde

Entre as atividades, também estão incluídas no valor da diária: aula matinal de yoga, caminhada de uma hora pelos campos de arroz do empreendimento, em que os hóspedes aprenderão um pouco sobre o “Subak” – um sistema tradicional de irrigação balinesa – bem como testemunhar a rotina do agricultor.

O hotel dispõe de um pequeno spa com apenas duas suítes de massagem com vista para os arrozais. Entre os tratamentos oferecidos, encontramos a clássico banho de creme indonésio , que condiciona profundamente o cabelo enquanto massageia o couro cabeludo, ombros, braços e mãos.

Salas de massagens abertas

A espiritualidade, simplicidade e simpatia do povo balinês contribui positivamente na forma como os colaboradores se relacionam com os hóspedes. São muito atenciosos e estão sempre prontos para atender os clientes.

O Chedi Club Tanah Gajah leva o selo da The Leading Hotels of the World

Hotel Highlight

Como não amar as esculturas espalhadas pelos jardins, principalmente os elefantinhos!!!

Onde fica o Chedi Club Tanah Gajah

Fotos: Alessandra Leite e Divulgação

Perfil

por Alessandra Leite

Editora do hotelnewstraveller.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também:
Check-in

Four Seasons Resort Bali at Jimbaran Bay

O resort de praia da rede Four Seasons na ilha indonésia

Check-in

1 Hotels | Uma rede de hotéis eco-friendly

Os hotéis da 1 Hotels já nasceram sustentáveis