Dez hotéis para praticar o turismo de isolamento

A proposta é fazer uma escapada com segurança e distanciamento social

A retomada da hotelaria começou, assim como a vontade de viajar de muitas pessoas após um longo (e interminável) período de isolamento social. Há ainda quem prefira continuar a quarentena até que a pandemia do covid-19 esteja controlada ou a vacina disponível.

Já apontado como tendência há alguns anos, o turismo de isolamento ganha mais força nesse momento, que prioriza o distanciamento social e as atividades ao ar livre. A proposta dessas viagens não é a visita a pontos turísticos e interação com outras pessoas, mas sim o contato com a natureza e o bem-estar.

Hotéis que tenham a natureza como pano de fundo e que disponham de poucas acomodações, vão sair na frente (ou melhor, já saíram). Há muitos empreendimentos que já estão com a reservas esgotada nos fins de semana até o mês de dezembro.

Eu mesma já tentei reservar alguns hotéis para setembro e outubro e não consegui. Vale lembrar que a maioria está operando com a capacidade reduzida de acordo com o decreto do município.

Se você já se sentir seguro para viajar ou está planejando uma viagem num futuro próximo, confira abaixo a minha seleção de dez hotéis de luxo e charmosos com poucas acomodações pelo Brasil. São verdadeiros refúgios em meio a natureza, onde o isolamento é regra.

Parador – Cambará do Sul (RS)

No melhor estilo glamping (acampamento de luxo), o Parador tem vista panorâmica para os vales dos Campos de Cima da Serra e oferece apenas…….acomodações que estão dividas em suítes e barracas (de lonas e materiais térmicos que suportam o frio).  Para conhecer os canyons e as cachoeiras da região, o Parador oferece passeios de bike, quadriciclos, a cavalo, além de trekking.

Ponta dos­ Ganchos – Governador Celso Ramos (SC)

Localizado em uma península privativa na cidade de Governador Celso Ramos (apenas 50km de Florianópolis), o Ponta dos Ganchos ocupa uma área de 80 mil m², onde estão espalhados os 25 bangalôs com vista para o mar da Costa Esmeralda. Experiências exclusivas e românticas dão o tom dos dias nesse refúgio. O Ponta dos Ganchos é exclusivo para adultos.

Leia também: Ponta dos Ganchos | Resort exclusivo no Brasil

Virá Charme – Fernandes Pinheiro (PR)

O pequeno e charmoso resort de apenas 38 bangalôs fica a 154 km de Curitiba. O lago domina o cenário do Virá Charme , que também oferece bangalôs sobre as águas, no melhor estilo polinésio. A proposta no Virá Charme é aproveitar a estrutura do hotel ( piscina coberta, sauna, sala de jogos, quadra de tênis e spa) e se conectar com a natureza com os passeios de caiaque e pedalinho no lago, por exemplo. O Virá Charme é perfeito para uma escapada em família.

Botanique – Campos do Jordão (SP)

Situado na região conhecida como Triângulo das Serras, entre os municípios de São Bento do Sapucaí, Santo Antônio do Pinhal e Campos do Jordão, o Botanique é um verdadeiro santuário ecológico com apenas 19 acomodações – sendo 11 vilas e oito suítes, que ficam no corpo principal do hotel. Entre as atividades disponíveis no Botanique, estão passeios de bicicleta, cavalgada, aula de yoga, além de um menu de terapias no spa.

Tankamana – Itaipava (RJ)

Cercado por muito verde e as montanha do Vale do Cuiabá, o Tankamana dispõe de apenas 16 aconchegantes chalés de madeira no estilo rústico-chique. As experiências foram formatadas para que os hóspedes desfrutem ao máximo a Mata Atlântica. Aulas de fotografia da natureza e de horta caseira são alguma das atividades oferecidas no Tankamana

Comuna do Ibitipoca – Lima Duarte (MG)

Como o próprio nome já sugere, a Comuna do Ibitipoca não é um meio de hospedagem convencional e sim um projeto sócio-ambiental que começou nos anos 1980 com a compra da Fazenda do Engenho. Atualmente são mais de 5 mil hectares que circundam o Parque Estadual do Ibitipoca. A proposta do Comuna de Ibitipoca incentiva a relação harmônica do hóspede com a fauna, flora e a comunidade local. Na propriedade há três diferentes tipos de acomodações: o oito quartos no Engenho (casarão colonial), quatro casas no Village (charmosa vila habitada por apenas 22 pessoas) e no Remote (dois lofts remotos). Caminhadas, banhos de cachoeiras e nos lagos são atividades essências desse refúgio mineiro.

Vila Naiá –Corumbau (BA)

Com apenas quatro suítes e quatro casas distribuídos em uma área de 50 mil m2 a beira-mar, o Vila Naiá reproduz o encanto e o charme da vila local e valoriza as tradições da região, além de oferecer sofisticado design de interiores e a excelência gastronômica. No Vila Naiá os hóspedes são convidados a nadar com planctos, jantar à luz do luar e até mesmo participar dos rituais de purificação da tribo Pataxó, entre outras atividades.

Kenoa – Barra de São Miguel (AL)

O Kenoa é um resort boutique de apenas 23 acomodações destaca as formas primitivas e as essências naturais, no melhor estilo eco-chic. Cercado pela Mata Atlântica, o Kenoa garante privacidade aos hóspedes enquanto proporciona uma imersão na natureza por meio das atividades disponíveis, como o passeio à Foz do Rio São Francisco e às cachoeiras.

 Jaguaribe Lodge – Fortim (CE)

Construído sobre palafitas para preservar a vegetação local e as dunas, os 22 lodges estão de frente para o mar ou próximos a piscina. Famosa pelos ventos constantes e pelo mar com temperatura agradável, Fortim é o paraíso para os kitesurfistas. O Jaguaribe Lodge oferece aulas para iniciantes e locação de equipamentos. Para explorar a região, o hotel ainda oferece passeios de buggy, quadriciclo, barco pelo rio Jaguaribe e ainda cavalgada.

Mirante do Gavião – Novo Airão (AM)

Situado às margens do Rio Negro, em frente ao Parque Nacional de Anavilhanas, o Mirante do Gavião Amazon Lodge abriga apenas doze espaçosos bangalôs erguidos em madeira de lei que remetem a forma de barcos invertidos. O projeto sustentável teve como prioridade se adequar ao entorno e causar o mínimo impacto ao entorno. Nem precisa dizer que as experiências disponíveis no Mirante do Gavião têm a floresta como protagonista.

Leia também: Mirante do Gavião | Lodge na Amazônia

Localização dos hotéis

Fotos: Divulgação

Perfil

por Alessandra Leite

Editora do hotelnewstraveller.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Leia também:
What's on

Como escolher um hotel em tempos de pandemia

A hotelaria está retomando as atividades, mas devemos ficar atentos a alguns detalhes

What's on

Marriott disponibiliza fundos virtuais para videoconferências

Reuniões virtuais em tempos de isolamento social